Equipe

Dr. Carlos Roberto Izzo

Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP); Residência Médica em Obstetrícia e Ginecologia pelo Hospital das Clínicas da FMUSP; Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia (TEGO) pela Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO); Mestre e Doutor em Medicina pela Clínica Ginecológica da FMUSP; Médico Assistente do Centro de Reprodução Humana Governador Mario Covas do Hospital das Clínicas da FMUSP; Membro da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH), da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA) e da American Society for Reproductive Medicine (ASRM).

Dra. Cláudia Passos Martins Izzo

Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP); Residência Médica em Obstetrícia e Ginecologia pelo Hospital das Clínicas da FMUSP; Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia (TEGO) pela Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO); Mestre em Medicina pela Clínica Obstétrica da FMUSP; Médica Assistente no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo – Divisão de Clínica Obstétrica do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia do Hospital das Clínicas da FMUSP - de 1994 a 2002; Membro da Sociedade de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (SOGESP) e da FEBRASGO.

Mike Levanduski

Mike Levanduski é o chefe dos Laboratórios de Embriologia, Andrologia e Criopreservação da Originare - Centro de Reprodução Humana. Formado e Mestre em Ciências pela University of Idaho, em1987, onde estudou genética, embriologia e Fertilização In-Vitro. Realizou a primeira injeção intracitoplasmática de espermatozóides (ICSI) em experimentos de animais em 1985, anos antes de esta técnica ser adotada em seres humanos. Nos anos subseqüentes Mike aperfeiçoou suas habilidades em embriologia avançada e micromanipulação de gametas, alem de desenvolver técnicas de criopreservação de óvulos para preservação da fertilidade.

Patrícia Guilherme

Patrícia Guilherme é Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de São Carlos – UFSCar. Mestre em Imunologia pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo – USP. Tem ampla experiência em técnicas de reprodução assistida, tais como:

  • Analise e Processamento Seminal;
  • Recuperação e preparo de oocitos;
  • Fertilização in vitro Convencional;
  • Injeção Intracitoplasmática de Espermatozóides (ICSI);
  • Criopreservação de gametas e embriões – congelamento lento e vitrificação;
  • Diagnostico Genético Pré-Implantacional (PGD) – biópsia e fixação de blastômeros.
Membro do corpo docente do curso de Pós-graduação Latu-sensu em Reprodução Humana oferecido pela Associação Instituto Sapientiae em parceria com a Faculdade de Medicina de Jundiaí (desde 2003).

Camila Madaschi

Camila Madaschi é Bacharel em Ciências Biológicas modalidade médica pela Universidade de Santo Amaro. Doutorando em Ciências da Saúde pela Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo – USP. Membro da comissão de embriologia da Sociedade Brasileira de Reproução Humana (SBRH) Tem ampla experiência em técnicas de reprodução assistida, tais como:

  • Analise e Processamento Seminal;
  • Recuperação e preparo de oocitos;
  • Fertilização in vitro Convencional;
  • Injeção Intracitoplasmatica de Espermatozóides (ICSI);
  • Criopreservação de gametas e embriões – congelamento lento e vitrificação;
  • Diagnostico Genético Pré-Implantacional (PGD) – biópsia e fixação de blastômeros.